Jackpots

Quem nunca sonhou em “ganhar em grande” e arrecadar um prémio avassalador após ter colocado uma pequena aposta? Este desejo quase universal de riqueza instantânea é a força por detrás das lotarias e dos jogos como o Keno ou o bingo. O último grito nesta febre do jogo são os “Progressivos”, que consistem em prémios em dinheiro que aumentam constantemente de valor, até um jogador sortudo reivindicar o valor gigantesco.Jackpots

Mas quais são as probabilidades de ser esse jogador sortudo? Será que estes grandes prémios justificam o risco da aposta, ou são estas promoções uma maneira de atrair apostadores menos experientes e pouco sofisticados? Existem técnicas para melhorar a probabilidade de bem suceder? Se se encontra no grupo da esmagadora maioria que acham todas estas questões intrigantes, então bem-vindo(a) ao mundo dos “Jackpots”.

Breve História dos Jackpots

As formas mais antigas de “sorteios da sorte” usavam balcões feitos de madeira ou de pedra, e foram inventados pelas legiões romanas há mais de dois mil anos. O “lançamento das sortes” aparece mencionado várias vezes na Bíblia. Os mercadores venezianos utilizavam “lotarias” como um método de venda de bens. Ainda assim, os sorteios a dinheiro foram considerados ilegais até 1530, momento em que na Itália se instituiu a primeira lotaria nacional sob o nome “Lo Giuoco del Lotto D’Italia”. Apenas para provar o sucesso deste concurso, a lotaria (“Lotto”) não deixou de conquistar terreno por todo o mundo desde essa altura.

No século XVIII, o jogo de cartas francês conhecido como “Poque” foi levado por imigrantes para o território do Luisiana, nos Territórios da América do Norte. Entre 1830 e 1850, os Americanos habituaram-se a conhecê-lo como “Poker”, e introduziram algumas variações ao jogo, incluindo uma versão de descarte (“Draw”), que permitia aos jogadores alterarem algumas das suas cartas originais por outras, com o intuito de melhorar a sua mão. Em 1881, a regra conhecida como “Jack Pots” ficou muito em voga, e requeria aos jogadores segurar um par de Valetes ou melhor (“Jacks or Better”), para poder abrir o momento de apostas, reduzindo o “bluff” e tornando o jogo mais aceitável nos círculos sociais.

O termo “Jackpots” rapidamente assumiu um significado mais abrangente, referindo-se a qualquer soma considerável de dinheiro, pela acumulação de apostas. Quando as máquinas de slot foram inventadas no final do século XIX, este termo foi aplicado ao prémio máximo, o “Jackpot”, e ao longo dos tempos foi sendo utilizado para descrever qualquer soma de dinheiro elevada, ou prémios constituídos através da acumulação de prémios não atribuídos. Fora do mundo do jogo, o Jackpot pode representar um sucesso inesperado ou um prémio impressionante.

O último grito tem consistido em fazer dos Jackpots parte de todos os jogos eletrónicos e de mesas de casino, com o intuito de atrair mais interesse e mais apostas. O Vídeo Poker é talvez o mais popular destes jogos. O Royal Flush Jackpot também é uma funcionalidade comum do Caribbean Stud, e até mesmo jogos mais tradicionais receberam uma mão cheia de Jackpots através das suas apostas secundárias, como o Perfect Pairs Blackjack e a Roulette Royale.

Probabilidades de Ganhar um Jackpot

Habitualmente, a probabilidade de ganhar o Jackpot é inversamente proporcional ao montante em oferta: quanto maior o prémio, menos probabilidades existem de vencê-lo. Por exemplo, na lotaria americana conhecida como Powerball, as hipóteses ganhar um grande prémio multi-milionário em dólares são menos do que 175 milhões para um. De forma semelhante, no Euromilhões, as probabilidades contra o sucesso são de 116 milhões para um.

As verdadeiras probabilidades de vencer o Jackpot podem ser calculadas como o número de vezes que o prémio pode ser dividido pelo número total de todos os resultados possíveis. No caso do Vídeo Poker, por exemplo, existem quatro combinações de cartas que formam um Royal Flush (Ás, Rei, Dama, Valete, 10 do mesmo naipe), e existem exatamente 2 598 960 mãos de cinco cartas possíveis. Isto faz com que as probabilidades de conseguir um “straight flush” sejam iguais a 4 / 2 598 960 = 1 / 649 740. Se o jogo pagar menos do que 649 740 créditos como o seu prémio de topo para um Royal Flush, então está a oferecer menos do que as probabilidades verdadeiras.

É óbvio que os casinos online existem para fazer dinheiro, pelo que seria bastante inusual encontrar um Jackpot de probabilidades fixas que pague probabilidades verdadeiras. Os pagamentos típicos estarão abaixo daquele valor. Contudo, no caso dos Jackpots Progressivos, é muito comum que o prémio acumulado em dinheiro esteja próximo ou até ultrapasse o valor das probabilidades verdadeiras, uma vez que o total de prémios aumenta independentemente do número de possibilidades em que o prémio pode ser ganho ou o número de resultados disponível.

Os Progressivos são realmente o sonho tornado realidade dos casinos. O dinheiro para financiar o Jackpot advém de uma pequena percentagem em cada aposta feita no jogo. Qualquer jogo com um Jackpot Progressivo exibirá uma janela conhecida como o “ticker”. Aqui pode consultar o valor do prémio, permitindo ver o dinheiro a aumentar enquanto participa no jogo. A adição constante de pequenas somas de dinheiro originará um valor de seis números ou mais.

Antes de apostar para ganhar num Jackpot Progressivo, há que ter em conta dois fatores. Primeiro, espere para jogar até o prémio total ser bastante maior do que o montante base oferecido, pelo menos o dobro ou mais. Idealmente, deverá ser superior às probabilidades contra vencê-lo. Em segundo lugar, certifique-se de que cumpre com todas as regras necessárias para ganhar o prémio máximo. Nas máquinas de slots, isso geralmente significa ter de colocar sempre a aposta máxima. Para jogos de mesa, é sempre necessário colocar uma aposta secundária. Não é fácil ganhar um Jackpot, mas será impossível consegui-lo se não se seguirem as regras.